Nos Deixou

Adolescente é morto em ataque com espada em Londres

O homem de 36 anos foi detido.

Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas e um jovem de 14 anos morreu em Londres na manhã desta terça-feira (30) após ataque por um homem que carregava uma espada.

A polícia chamou o ocorrido de um ataque “realmente horrível”.

Imagens capturadas por testemunhas mostraram um homem sendo perseguido pela polícia carregando uma espada. O homem de 36 anos foi detido. O caso ocorreu em Hainault, uma área suburbana de Ilford, que faz parte do bairro londrino de Redbridge.

Hainault faz parte da Grande Londres, mas fica a cerca de 22 quilômetros do centro da capital. A estação fica na linha vermelha (“Central”) do metrô, na zona quatro.

Pouco antes das 7h da manhã (3h no horário de Brasília) de terça-feira, a polícia recebeu relatos de um carro jogado contra uma casa em Thurlow Gardens, uma rua residencial ao lado da estação subterrânea.

Também foram compartilhadas imagens do suspeito em Laing Close, outra rua residencial a apenas 100 metros de distância. A polícia afirma que prendeu um suspeito 22 minutos depois de receber a primeira ligação para o número dos serviços de emergência.

Em um vídeo, é possível ver o suspeito olhando casas em Laing Close. Perto dele, o vídeo mostra uma pessoa imóvel caída na estrada.

Uma pessoa parece ter escapado com sorte. Em um vídeo, eles são vistos brevemente saindo de uma casa a poucos metros do agressor, mas somem sem serem percebidas por ele.

Não está claro se todas as cinco vítimas foram atacadas em Laing Close e Thurlow Gardens ou se houve mais feridos nas proximidades.

Um veículo danificado também foi visto em Laing Close, embora não esteja claro se o carro preto estava envolvido no incidente.

Outra pessoa capturou imagens do suspeito sendo perseguido pela polícia enquanto pulava cercas e garagens e entrava em jardins.

Um homem foi ouvido alertando os moradores gritando “todos tranquem as portas”. O Serviço de Ambulância de Londres disse que cinco pessoas foram levadas ao hospital.

Dois policiais e três outras pessoas ficaram feridas, confirmou a polícia. Um menino de 14 anos morreu logo após ser levado ao hospital. Sua identidade não foi divulgada e sua família está sendo apoiada por policiais treinados.

As outras duas pessoas ainda estão no hospital, mas suas condições não são consideradas fatais, segundo a polícia.

Os dois policiais feridos apresentam ferimentos “significativos, mas não fatais” e precisarão de cirurgia, confirmou a polícia. Sabe-se muito pouco sobre o homem de 36 anos suspeito de envolvimento no incidente.

Vídeos capturados por testemunhas mostram um homem na casa dos 20 ou 30 anos carregando o que parece ser uma espada estilo Samurai.

Em um vídeo, ele pode ser ouvido gritando em inglês, embora o áudio não seja claro o suficiente para identificar com certeza o que ele está dizendo.

A polícia de Londres disse poucas horas após o incidente que “não parece estar relacionado ao terrorismo” e disse não acreditar que tenha sido um “ataque direcionado”.

A polícia também disse que não está procurando mais suspeitos e que não há risco contínuo para o público.
O primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, elogiou a bravura dos serviços de emergência no início desta manhã.

Em comunicado, Sunak enviou suas “sinceras condolências à família” do menino de 14 anos morto no ataque desta terça-feira.

Ele também reforçou a necessidade de dar à polícia tempo e espaço para realizar suas investigações.

Este incidente destaca a necessidade de uma maior vigilância e iniciativas preventivas para combater crimes violentos em áreas urbanas. A tragédia serve como um lembrete para os residentes de Londres e do mundo de que a segurança urbana é uma preocupação crucial, e ações coletivas e individuais são necessárias para enfrentar esses desafios.

Fonte: osul.com.br

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo