Nos Deixou

Dono da Livraria Cultura, Pedro Herz, morre aos 83 anos em São Paulo

Herz foi um dos principais livreiros do país. Corpo será velado e sepultado no Cemitério Israelita do Butantã na manhã desta quarta-feira (20)

Pedro Herz, dono da Livraria Cultura, morreu na madrugada desta terça-feira (19), aos 83 anos, em São Paulo. O velório será no Cemitério Israelita do Butantã na próxima quarta-feira (20), às 10h.

“Pedro Herz foi um visionário no campo editorial, tendo desempenhado um papel fundamental no desenvolvimento e promoção da literatura em nosso país.”, disse nota divulgada pela Cultura.

O comunicado completa que sua “paixão pela leitura e seu compromisso em tornar os livros acessíveis a todos deixaram uma marca indelével na comunidade literária e além.”

Fundada em 1947 pela filha de imigrantes judeus vindos da Alemanha, Eva Herz começou importando livros da Europa e tendo uma clientela formada principalmente por imigrantes.

Em 1969, quando a icônica loja é inaugurada no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, seu filho, Pedro, se torna sócio da empresa.

Recuperação judicial e falência

Em 2018, a Cultura pediu recuperação judicial e teve sua falência decretada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo no dia 9 de fevereiro de 2023.

A última loja que restava da empresa era a do Conjunto Nacional. Em fevereiro deste ano o ministro Raul Araújo, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou o recurso apresentado pela empresa e autorizou a ordem de despejo por falta de pagamento do aluguel desde 2020.

Veja o site da livraria Cultura: Aqui

Fonte: SBT News

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo